Dramaturgias Teatrais Contemporâneas

Reconfigurações identitárias face ao desemprego jovem

Este projeto de investigação-ação assume-se como um projeto de Teatro Comunitário. Esta forma de teatro promove a integração e a participação dos atores sociais, na construção coletiva da transformação da ordem social, segundo um compromisso coletivo que une os indivíduos e lhes confere um lugar de pertença face à sua comunidade e grupo sociocultural. Deste modo, o teatro, para além da sua função artística, passa a desempenhar uma função sociocultural, onde os sujeitos têm como objetivo a procura do seu lugar de pertença individual e sociocultural.

Nosso grupo é composto por desempregados jovens (até aos 35 anos) da cidade do Porto. O trabalho iniciou-se em outubro de 2014 e será concluído em agosto de 2015. No desenvolvimento do processo serão efetuados dois ensaios abertos com público, e um espetáculo, marcando três momentos diferentes do processo e os seus respetivos objetivos.

Seguindo as diretrizes do Teatro Comunitário, o espetáculo será construído coletivamente, pelo próprio grupo. Os ensaios correspondem a oficinas de técnica e criação fundamentadas em diferentes métodos que visam o questionamento, exploração e criação dramatúrgica sobre o problema identificado – o desemprego jovem. Entre os métodos que serão utilizados destacam-se o Teatro do Oprimido, o Devising Theatre e os Jogos Teatrais.

Coordenação Científica
Maria Manuel Baptista e Larissa Latif

Coordenação do Projeto
Larissa Latif

Encenação
Marta Leitão e o grupo

Parceiros